Criatividade e inovação

Print Friendly, PDF & Email

A criatividade e a inovação devem está alinhadas à cultura, aos valores e ao ramo de atividade empresarial. Atuando tanto na captação como na fidelização dos clientes.

A criatividade e a inovação devem atuar, antes de tudo, na estrutura, na tecnologia, nos procedimentos e nos processos-chave, com o objetivo de solucionar problemas, agregar valor ao produto ou à prestação de serviço e apresentar novas opções para o seu público-alvo ou conquistar um novo público. Isto deve acontecer em decorrência de Brainstorming (“chuva” de idéias) realizados pelos executores do processo; de pesquisas com clientes e clientes em potencial, além do Benchmarking (coleta de dados e informações, análise e adaptação das melhores práticas e processos dos concorrentes e líderes de mercado).

Ao realizar parcerias e ações publicitárias que atuam na atração do cliente em potencial, o gestor deve ter alguns cuidados:

  • Conhecer bem o novo parceiro (ramo de atividade, cultura organizacional, valores, missão, visão, nível de satisfação dos clientes internos e externos, participação no mercado);
  • A parceria deve favorecer a todos os envolvidos, e apresentar uma relação custo e benefício mais favorável que o concorrente;
  • Para que a comunicação seja eficaz deve ser exibida pela mídia adequada, em local e horário corretos;
  • A comunicação deve ser clara, objetiva e direcionada para o público-alvo;
  • Metas e avaliação de desempenho devem ser estabelecidas;
  • As metas devem ser possíveis, justas e acordadas, para que o colaborador mantenha a motivação em alcançar os resultados e a consequente recompensa.

 

A criatividade e inovação empregadas no layout e na decoração do estabelecimento e, a recepção promovida pelos funcionários são determinantes para que o consumidor sinta-se acolhido e importante. Além disso, o funcionário deve estar vestido adequadamente, ter iniciativa, ser comunicativo, simpático, profissional e, principalmente, saber ouvir, para poder atender às necessidades e expectativas do consumidor. Ele deve ser bem treinado, orientado e possuir as informações atualizadas sobre a empresa, os produtos ou serviços prestados, as parcerias, mostrando segurança ao abordar o cliente em potencial.

A fidelização do cliente a uma organização depende da qualidade e agilidade do atendimento que recebe; velocidade nas respostas; liderança participativa; equipes multifuncionais; relação custo e benefício mais favorável que a concorrência; canais de comunicação eficientes; valor agregado ao produto ou serviço; satisfação do cliente interno e externo; pesquisa e desenvolvimento; medidas de sustentabilidade e responsabilidade social e, principalmente, a criatividade e a inovação, com o aproveitamento e materialização das ideias em prol da organização.





2 Comentários para "Criatividade e inovação"

  1. Vinícius de Oliveira Guimarães disse:

    Prezado Cristiano, agradeço o seu comentário e acho que você está certo em relação à velocidade nas respostas. Temos que conhecer a nossa organização, nosso ramo de atividade, para poder transmitir todas as informações com segurança e correção para o consumidor. Nada que impeça o profissional de pedir “um minuto” para tirar uma dúvida com um colega de trabalho, para não passar uma informação incorreta.
    No momento de escrever o texto, ao relacionar a importância da velocidade nas respostas para a fidelização de um cliente, eu estava pensando no momento em que a empresa tem que cumprir prazos (atendendo dentro do prazo pré-estabelecido). Seja um telefonema agendado com um cliente, a resposta de um requerimento, a entrega de documentos e produtos, a prestação de um serviço, etc. Caso, haja algum imprevisto que impeça o cumprimento do prazo, o cliente deve ser comunicado do problema e da nova data para a solução.

  2. Cristiano-estudante de administração 2º período disse:

    É a resposta rápida como diz o último parágrafo do texto é de extrema importância, todos nós somos clientes de algum produto ou estabelecimento e o funcionário preparado e conhecedor daquilo que sua empresa fornece ou produz faz toda a difereça. Dentro desse contexto não devemos confundir resposta rápida de resposta apressada em que nessa última o fucionário responde o que acha, prestando um mau serviço gerando uma insatisfação ao cliente e sentimento de ter sido vítima de trapaça por ter contratado determinado serviço que pensou ter certos direitos que na verdade não corresponde ao serviço contratado, ou ainda adquirido certo produto que não atende suas expectativas por informação errada, citando como exemplos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.